ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Pergunta | Resposta]

Poeta ou poetisa?

[Pergunta] Tenho reparado que em vários jornais e mesmo televisão portuguesa se dá preferência ao substantivo poeta para designar tanto o homem como a mulher que tem faculdades poéticas e se consagra à poesia, esquecendo sistematicamente o feminino de poeta, poetisa. Haverá uma explicação lógica para essa preferência ou trata-se simplesmente de um erro?

Teresa Marto :: :: Bélgica

[Resposta] A língua e os seus usos nem sempre primam por explicações lógicas. No caso em apreço, eu diria que a explicação é sociológica, ou melhor, sociolinguística.

Como a consulente refere, as gramáticas indicam, como feminino de poeta, poetisa, pelo que não há, do ponto de vista meramente gramatical, qualquer razão para se atribuir ao vocábulo poeta uma característica que a gramática lhe não consagra, ou seja, a de ser uniforme quanto ao género.

Todavia, algumas mulheres com veia poética reconhecida intitulam-se a si próprias poetas. Inclui-se nesse grupo Sophia de Mello Breyner Andresen, falecida no dia 2 de Julho de 2004. Para Sophia, poetisa não era verdadeiramente a forma feminina de poeta, pois atribuía às mulheres um estatuto de menoridade face aos homens com idêntica actividade. Se consultarmos os dicionários, nada há de explícito que confirme um sentido depreciativo associado à palavra poetisa. Vejamos no entanto o que se diz em cada um dos verbetes no dicionário da Academia:

Poeta […] Escritor cuja forma de expressão literária é o verso.

Poetisa […] Mulher que escreve poesia...

Poderá esta definição ser problemática? Não sei. O que é verdade é que neste Verão marcado pela perda de Sophia de Mello Breyner Andresen, talvez em sua homenagem, muitos jornalistas preferiram usar o termo poeta como uniforme. O que acontecerá a seguir? A sociedade e o uso ditarão se a palavra poetisa se perde ou se ganha sentidos diversos do que hoje lhe é, ainda, reconhecido.

Edite Prada :: 11/10/2004

[Discurso/Texto]
O pronome interrogativo quem com preposição
Elementos de uma enumeração: uso de maiúsculas e pontuação
«A formiga tem catarro»
Uso de artigo definido com Fundão e Póvoa de Atalaia
O título, uma unidade textual
«A pera, quando madura, há de cair»
A fórmula de agradecimento «bem haja(m)»
A expressão «sentir o chão fugir»
«Meu marido», «minha mulher»
Pergunta retórica e interrogação retórica

Mostra todas

Ciber Escola Ciber Cursos