ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Pergunta | Resposta]

Orações subordinadas conjuncionais

[Pergunta] O que são orações subordinadas conjuncionais?

Petra Sofia Pizarro Ferreira :: Estudante :: Guimarães, Portugal

[Resposta] I — As orações subordinadas conjuncionais dominam quase completamente o universo das orações subordinadas. Exemplos:

A) «Eu só farei esse trabalho quando cá estiveres.»

B) «Apressa-te para que possas chegar cedo.»

C) «Eles não conseguiram vencer ainda que tivessem jogado bem.»

II — Exemplos de orações subordinadas que não têm conjunções ou locuções conjuncionais.

A) Subordinação expressa por infinitivo — «Confesso não me causar impressão essa notícia.»

B) Subordinação expressa por gerúndio — «Chegando tu, partiremos imediatamente.»

C) Subordinação expressa por particípio passado — «Chegado a casa, deitei-me.»

D) Oração subordinada relativa — «O José, que [pronome relativo] bem conheces, está cá novamente.»

E) Orações interrogativas indire(c)tas:

— «Ele perguntou-me quem estava comigo.»

— «Diz-me quantos vêm cá jantar.»

A. Tavares Louro :: 18/06/2007

[Sintaxe]
A regência de fome
O pronome o como predicativo do sujeito
«Para que eu não me lembrasse...» vs. «para que eu me lembrasse...»
Classificação do verbo zangar-se
«Candidatar-se ao lugar»
Uma oração introduzida por «pelo que»
Tomar e o complemento oblíquo
Como evitar a ambiguidade
em orações com conjunções causais
«Demasiado rápida»
A regência de comprazer-se

Mostra todas

Ciber Escola Ciber Cursos